domingo, 31 de outubro de 2010

tecla verde confirma

Eu cansei dessas eleições. Dos cadidatos, das piadas, dos eleitores. Essa porra tá parecendo a décima edição do Big Brother, e eu sinto que tem dois Dourados na final, como proceder? Eu não quero que o Serra vença, de verdade. Ele andou fazendo umas alianças muito imbecis, e o discurso dele mudava mais que troca de canal num dia de domingo. Já a Dilma pra mim é marionete do Lula, cara. Não confio, não consigo gostar da ideia de ter um mesmo partido no poder durante DOZE ANOS, e se pá por dezesseis, quando o Lula se reeleger (porque se ele não tiver morrido, é bem possível que ele tente se reeleger e consiga), ou então a própria Dilma. Não consigo gostar disso quando o país é pluripartidário, saca? E não consigo me sentir confortável e à vontade com os eleitores da Dilma, brother, socorro! Sinto como se tivesse perto da gente louca que apoiava o Dourado e fazia dos ensinamentos dele uma religião, praticamente. É bizarro, até, eu ter mais receio e pavor dos fiéis do que da personalidade em si, mas aconteceu e é isso aí. De eu ter PÂNICO do meu twitter e ver gente apontando o broche vermelho (ou tucano, embora tenha visto BEM POUCO disso na minha timeline) como se apontasse uma cruz ou uma bíblia. MANO! QUERO FUGIR DESSA PORRA. Eu sei que fiquei bem chata na época da copa, mas cara, não ficava tentando empurrar isso pra ninguém não, postava no tópico do assunto e torcia nos dias dos jogos, DEU! Só fico doente mental assim quando tem Big Brother, e agora que descobri o tweetdeck resolvi que para poupar minha timeline dos surtos - se houver, se eu acompanhar o programa -,vou ficar logada em outra conta só pra isso. Sei lá, meu. Tô aliviada que hoje acaba a porra toda, tô aliviada de saber que a baixaria na TV vai terminar, onde um fica apontando merda do outro, que nem irmãos vingativozinhos, saca, que tentam escapar da bronca dos pais culpando o outro. Tô de saco cheio dessa gente se achando a última bolacha do pacote, os donos de todas as convicções políticas e partidárias e da razão. AMIGO, CONVICÇÃO DE CU É ROLA, BEIJONÃOMELIGA. Tomei um ódio da porra, mano, ódio da porra. Quantas vezes vou precisar apertar a tecla-verde-confirma pra essa merda acabar de uma vez?