domingo, 11 de abril de 2010

god, save the queen

Permita-me dizer que estou do teu lado. Permita-me ficar ao teu lado. Rir contigo minhas alegrias e confidenciar minhas tristezas, e te mostrar que confio minha vida a você. Permita-me te ouvir. Receber tua cabeça sobre meu colo, correr meus dedos pelos teus cabelos, enquanto você narra suas histórias fantasiosas e mentirosas adicionando verdade em cada vírgula, em cada sílaba que decide partilhar. Permita-me acreditar em você. Permita-me não porque eu peço, mas porque eu quero, quero muito!, quero tanto que tu não fazes ideia do quanto pesa o meu peito e minha consciência por não conseguir. Então permita-me, conceda-me a graça de crer. Crer na tua existência, na tua dança, nos teus gestos, no teu amor. Porque se assim não for, e eu repito, se assim não for, acho que terei de cortar a tua cabeça.


E eu não gostaria de coroar uma cabeça decepada.



-- o motivo foi ele, mas era só uma questão de tempo até meus pulsos se renderem a elas.


2 comentários:

Julia disse...

sabia que tinha um quê dessa vibe. ♥
:*

Cami Rocha disse...

já diria lulu santos: vamos nos permitir, yeahhh.