sexta-feira, 31 de julho de 2009

pollyana O CARALHO, mas também nada de jovem Werther

Todo mundo tem uma história triste. Não sei por que as pessoas ficam conversando umas com as outras sobre elas como se estivessem num concurso de contos de tragédia. "Minha história é mais triste que a tua, rá, toma essa!". Essa coisa de ficar competindo miséria e tristeza é a coisa mas BABACA da face da terra. Do universo! Não entendo, não faz sentido. Todo mundo tem uma história triste e tem um cara que entra no ônibus contando a dele e pedindo dinheiro. Fala que levou porrada na vida e que tem cicatrizes. Conhecço gente que levou porrada na vida, tem cicatrizes, e não entra em ônibus pra pedir dinheiro. Na verdade tem filhos, terminou o segundo grau deficiente e tendo sido vítima de algo impronunciável na infância por causa de uma mãe negligente, que morreu há quase um ano também por negligência própria, e ainda assim amou e ama essa mãe até hoje. Todo mundo tem uma FUCKING história triste. E todo mundo gosta de saber que os outros sentem compaixão, que os outros se importam e perdem tempo colocando a mão no teu ombro pra perguntar "O que aconteceu? Me conta mais", porque todo mundo gosta de contar essas malditas histórias tristes. Sei lá, essa porra toda me cansa. Toda essa gente de histórias tristes. Vamos RIR, caralho. Fazer piada e tal. Ser filho da puta consigo mesmo, foder com essas histórias tristes antes que elas nos fodam. Relacionamentos que deram errado, que pena, insert coin and continue, dear. Todo mundo diz isso quando não precisa, ninguém consegue lidar com isso quando precisa. E essas porras de histórias tristes se multiplicando feito GREMILINS! HAHAHAHAHAHAH. Estou cansada do cara ônibibus me acordando pra falar que levou um pau num shopping de ricos, e de ver olhares de censura de uma senhora que realmente ACHOU que eu devia ouvir a história dele.

Que se fodam, sim?

2 comentários:

Pam Lima disse...

Já disse, né, se tu quiser abandonar esse mundo de sofrimento CASA COMIGO =D
HUEHUEHUEHUEU, adorei esse post. E o título dele!

julya aka nika disse...

que se fodam! HAHAHAHAHA!

também detesto isso, cá. te entendo.