quinta-feira, 5 de março de 2009

segundo corredor à direita

-- seção das crônicas ordinárias e dos porta-retratos

Alexandre. Acho engraçada a maneira como o nome dele sempre me faz pensar em coisas que - em dias normais ou com outras pessoas - eu nunca pensaria. Casamento e filhos, vestido de noiva e risadas de bebê. Ele é só meu amigo, mas talvez seja a única pessoa capaz de gerar em mim a vontade de assumir um compromisso. A única pessoa que, durante cada abraço, em cada "olá", me faz fechar os olhos e imaginar a vida que eu sempre tive medo de sequer sonhar. (...) Não vai acontecer.





~ histórias que não existem de pessoas que não existem. Alguns nomes são emprestados da vida real, bem como alguns poucos sentimentos, mas nada muito sério. Tudo aqui é faz-de-conta. (:

Nenhum comentário: