domingo, 11 de janeiro de 2009

pulando "introduções a lojas de conveniência"

Você não precisa ser apresentado a uma loja de conveniência, precisa? Sabe, aquela típica lojinha da esquina, que vende Cheetos, pilhas alcalinas, mortadela e algumas verduras; a lojinha de aspecto antigo, ligeiramente decadente, e que tem sempre um senhor grisalho e de óculos-fundo-de-garrafa guardando o caixa, às vezes com boina, às vezes sem boina, às vezes com suspensório, às vezes sem suspensório.

Pois bem, então você também não precisa ser apresentado a esse blog, nem aos motivos que me levaram a criá-lo, e quem sabe até você não precise ser apresentado a mim, à autora que vos fala!

Por favor, atentem apenas ao título, atentem apenas ao endereço, e - você concordará comigo, eventualmente -, esqueça o velhinho grisalho e de boina.
 
Sabe, esse é só mais um lugar virtual que dispensa grandes cerimônias, como acontece em sexo casual entre amigos com benefícios; é só mais um blog de peripécias desimportantes e de alguns estabelecimentos-pensamentos-sentimentos-atitudes de conveniência.

Nada que você não tenha visto antes.

4 comentários:

brenda.wendy disse...

*_*

(às vezes é difícil comentar qualquer outra coisa, você deve concordar comigo)

spider-blue disse...

confesso que esse blog é uma coisa linda e que a brenda tirou as palavras da (ponta da minha língua? ponta dos meus dedos?)

Muh! =) disse...

Gosh! Introdução dispensada *-*

Nadiajda disse...

Estaremos por aqui!